domingo, 13 de maio de 2012

Postagem sem título

Eu não quero dar explicações.
Não quero simplesmente por não querer e por não precisar.

Eu quero viver o tudo que isso me proporciona.
Em toda intensidade.
Como todo sabor, todo cheiro, toda cor.

Quero sorrisos sinceros, palavras de conforto.
Abraços apertados, beijos intensos e corpos colados.
Quero cumplicidade, amizade, admiração e respeito.

Quero silêncio, gestos e sussurros.
Gargalhadas, piadas e desespero.
E como quero...

Mas sei que eu quero muito tudo isso.
Agora, hoje.
Até quando? Não sei.
Mas por enquanto, é isso que eu quero.

Continuar me sentindo a pessoa mais feliz do mundo
Só por lembrar que tu existe.








[*]Este texto é pra ti mesma, que está lendo o texto agora. (=

Um comentário: