sexta-feira, 11 de março de 2011

Tropa de Elite 2

Nascimento (Wagner Moura), agora coronel, foi afastado do BOPE por conta de uma mal sucedida operação. Desta forma, ele vai parar na inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Contudo, ele descobre que o sistema que tanto combate é mais podre do que imagina e que o buraco é bem mais embaixo. Seus problemas só aumentam, porque o filho Rafael (Pedro Van Held) tornou-se adolescente, Rosane (Maria Ribeiro) não é mais sua esposa e seu arqui inimigo Fraga (Irandhir Santos) ocupa posição de destaque no seio de sua família.
 Tropa de Elite 2 (Tropa de Elite 2, 2010) me deu um tapa (e bem dado) na cara. Me senti um idiota vendo o filme. Saber que tudo aquilo que ele retrata realmente acontece. José Padilha conseguiu mais uma vez prender minha atenção de uma forma que poucos filmes da categoria até hoje conseguiram. Minha anseidade pela sequencia de cenas, a revolta, a esperança... todo conjunto de elementos que faz com que o filme seja indescritível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário