sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

As Cariocas

A Desinibida do Grajaú
Desde criança, o maior sonho de Michelle (Grazi Massafera) sempre era ganhar um concurso de beleza. Aos 22 anos, já uma loira exuberante, o desejo se concretizou. Como prêmio, a moça ganhou um carro que se tornou um de seus maiores orgulhos. O sucesso e a fama, no entanto, não duraram muito tempo e Michelle teve que voltar a morar com a mãe, Denise (Joana Fomm), sua maior fã, no Grajaú.
O retorno da jovem causa rebuliço entre a vizinhança do bairro, que sempre teve tribos bem definidas, regras e crenças curiosas. E vai mexer inclusive com o morador mais tranqüilo, o mecânico e pagodeiro Wescley (Marcelo D2), que tem Michelle como sua musa inspiradora.

Para um episódio que conta com desinibida no título, não passou de um episódio fraco e bobo. Isso mesmo, fraco e bobo. E isso não tem nada a ver com a aversão que tenho ao Marcelo D2. O episódio se passa o tempo todo com Grazi em cima de um carro, provocando a ira da vizinhança com o motivo pra lá de idiota, se o episódio se passe em 1970 até entenderia, mas não hoje em dia... Sem contar as "memórias da persoagem", que consomem boa parte do episódio, que termina de um jeito totalmente previsível. Ponto positivo? O D2 me surpreendeu atuando, ele não é tão ruim quanto eu imaginei que seria.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário