quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Me irrita...

Se tem coisas que me comovem, também tem coisas que me irritam. Gente que me irrita, atitudes que me irritam, até mesmo o existir de algumas pessoas me irrita. 
Lembrar da existência de tal cidadão, passar os olhos rapidamente pela timeline e ver que tem algo que ele disse ou até mesmo ir até o Twitter dele e me certificar de que realmente, são bobagens, me irrita. Diz uma amiga minha que por eu ter pego implicância com ele, tudo que ele faz ou escreve me tira do sério ou me deixa com vontade de socar a fuça dele. Talvez ela tenha razão. Ou quem sabe ele seja um Doutor em Chatice Aguda. 
Chegar para trabalhar e ouvir a voz dele já irrita profundamente. Esticar o olho para o calendário e perceber que é ainda segunda e lembrar num milésimo de segundo que,  tem uma semana toda pela frente, das 8h as 17:30h ouvindo ele gritar por qualquer coisa, com um ar superior, quando ele não passa de bosta me irrita. O outro também me irrita, conversar com ele não é tarefa das mais agradáveis, por ela se tornar um desafio a paciência. Ele tenta adivinhar as duas últimas coisas que tu diz durante a conversa e tenta falar elas junto contigo, ele ficar dizendo "côfi" (tentativa de pronunciar Coffee) repetidas vezes durante a tarde enche o saco, mas ele é ainda menos chato que o outro, por ser mais sociável. 
Para terminar o dia, com a chave de merda (porque chave de ouro é para quem teve dias bons) meus cigarros terminaram. Fumei o último depois que desci do ônibus. E para me ajudar, tenho R$1,20 na carteira, levando em conta que meu cigarro custa R$3,75 e amanhã é sexta, presuponho que terei um final de semana de abstinência. Ô merda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário