domingo, 18 de outubro de 2009

Cobra

Crime is the disease. Meet the Cure
Stallone Cobra (Cobra, 1986) é um dos filmes que me faz lembrar a minha infância. A época em que comecei a ouvir Depeche Mode e Pet Shop Boys, mas isto não vem ao caso. Época em que eu era uma criança que adorava brincar com meus G.I. Joe, e assistir filmes de ação para depois personificar em mim mesmo meus personagens e criar uma guerra em meus pensamentos.

Cobra (Sylvester Stallone) é um tira dos durões, que pertence ao grupo especial denominado Esquadrão Zumbi. Grupo este encarregado de aniquilar todo e qualquer tipo de gangue violento. Na busca incessante do assassino Night Slasher (Brian Thompson), Marion Cobbretti -sim, é este o "nome real" do personagem de Stallone- conhece Ingrid (Brigitte Nielsen), uma bela modelo fotográfica , conseguiu ver o rosto deste assassino, mas por azar o assassino também a viu. Eis então que começa a ação aos moldes dos Anos 80, com muita acão, tiros, perseguições e piadas fáceis. Cobra faz parte do gênero apaixonante dos filmes de ação dos anos 80, que hoje em dia só já vive com as tentativas de Van Damme e de Seagal.

O filme vale a pena pelos clichês clássicos dos Anos 80 e pela nostalgia de lembrar de filmes de ação da época porque se for comparar com filmes de ação de hoje ele não convence nem um pouco. Nem fui muito exigente quando procurei este filme para download. Só tinha encontrado uma cópia dublada e ripada do SBT, e foi esta mesma que assisti. Não faria muita diferença mesmo se fosse um DVD Rip, ja que o filme não é lá grande coisa.